quinta-feira, 20 de agosto de 2009

meia sem par

6 comentários:

martina disse...

o maior problema é: o que fazer com o pé que sobra?

Lu disse...

não é justo essa infidelidade - as meias deviam acompanhar seus pares à terra do limbo dos guarda-chuvas e canetas bic.

martina disse...

verdade, lu. em alguns casos dá pra permitir amor livre e troca de casais, como eu faço com as 3/4 de náilon. meto todas num saco e seja o que deus quiser.

Lu disse...

hehehe! nunca pensei numa suruba de meias - elas me pareceram sempre tão monogâmicas, essas safadinhas!

Mel disse...

é por isso que eu só compro meia iguais, brancas ou pretas, aí faço o esquema da Martina...

martina disse...

blema é que eu adoro meias listradas, coloridas, com bolinhas....